Rompimento financeiro

  • Rompimento Financeiro

Nenhum argumento de Jesus era aceito pelos fariseus, a classe religiosa dominante da época, eles já tinham uma mentalidade, uma maneira própria, de acordo com eles mesmos, de servir a Deus com seus rituais e sua doutrina, e protegiam suas mentes de tudo o que Jesus ensinava, não permitiam que a revelação do reino de Deus pudesse mudar seu comportamento. Por que? Porque tinham tradições, que também é uma fortaleza mental, hábitos que mudaram o comportamento deles na maneira como oravam, jejuavam, dizimavam, ofertavam e condenavam os pecadores. Cada ação de Jesus, os deixava irritados e nervosos, porque a tradição não os deixava entender a verdadeira natureza, caráter e propósito do reino.

Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo. 2 Coríntios 10:4,5

As tradições invalidam a Palavra de Deus

Ora, reuniram-se a Jesus os fariseus e alguns escribas, vindos de Jerusalém. E, vendo que alguns dos discípulos dele comiam pão com as mãos impuras, isto é, por lavar (pois os fariseus e todos os judeus, observando a tradição dos anciãos, não comem sem lavar cuidadosamente as mãos; quando voltam da praça, não comem sem se aspergirem; e há muitas outras coisas que receberam para observar, como a lavagem de copos, jarros e vasos de metal [e camas]), interpelaram-no os fariseus e os escribas: Por que não andam os teus discípulos de conformidade com a tradição dos anciãos, mas comem com as mãos por lavar? Respondeu-lhes: Bem profetizou Isaías a respeito de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. Negligenciando o mandamento de Deus, guardais a tradição dos homens. E disse-lhes ainda: Jeitosamente rejeitais o preceito de Deus para guardardes a vossa própria tradição. Pois Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe”; e: Quem maldisser a seu pai ou a sua mãe seja punido de morte”. Vós, porém, dizeis: Se um homem disser a seu pai ou a sua mãe: Aquilo que poderias aproveitar de mim é Corbã, isto é, oferta para o Senhor, então, o dispensais de fazer qualquer coisa em favor de seu pai ou de sua mãe, invalidando a palavra de Deus pela vossa própria tradição, que vós mesmos transmitistes; e fazeis muitas outras coisas semelhantes. Marcos 7:1-13

Os fariseus dos tempo de Jesus defendiam sua paternidade, tinha como pai a Abraão, e Moisés o seu legislador, o que recebeu a lei para governar os passos dos israelitas, e fazer deles um povo abençoado. A figura desses dois homens era o centro de sua fé e crenças, é o que diziam, porém Jesus diz que as tradições humanas haviam substituído e invalidado a palavra de Deus, o que isto significa? Significa que toda Palavra de Deus para Israel veio de Abraão e Moisés , mas o que Senhor havia falado por meio desses dois homens, tornara sem valor algum para aquela geração, fizeram sua própria lei, anularam o que Abraão e Moisés haviam falado.  

As tradições impedem que qualquer semente, a palavra de Deus, produza uma vida sobrenatural. Orações não são respondias, jejuns não causam nenhuma efeito e dízimos e ofertas não trazem rompimento financeiro. Por que? Porque tudo é feito de acordo com a mentalidade que formou-se na mente a partir de um pensamento plantado pelo diabo. Isto é muito serio. Aquela geração havia aberto mão dos milagres de Moisés e das bençãos de Abraão. Os demônios que Jesus expulsava, era pelo príncipe dos demônios, suas curas eram eram questionadas, Sua palavra era cheia de heresia. A que ponto chegaram. Tudo por causa das tradições, não havia mais manifestação sobrenatural entre deles.

Qual foi o seu ultimo milagre financeiro? Sua ultima experiência que sobrenatural que trouxe um rompimento de suas finanças? A palavra de prosperidade e sacrifício é aceita com fez ou não em sua mente? Qual foi o seu ultimo milagre?

Aqueles fariseus não eram o que pensavam ser

Então, lhe responderam: Nosso pai é Abraão. Disse-lhes Jesus: Se sois filhos de Abraão, praticai as obras de Abraão. João 8:39

As tradições mudaram completamente o comportamento daquela geração, diziam-se filhos de Abraão, mas não tinham a benção de Abraão. Por quer? Porque Abraão não andou como eles andavam. E como Abraão andou? Abraão andou em fé, e a tradição anula completamente a fé, porque fé é praticar o que a Palavra diz, nada mais que isso (Romanos 4:19-21).

A revelação de Jesus é assustadora sobre a alteração de comportamento dos fariseus, que não andavam como Abraão andou, não andavam como seu “pai”, porque o comando que vinha de suas mentes era dado pelo diabo, esses pensamentos, fortalezas, era de onde o diabo os controlava com seus argumentos para que não pudessem entender o que Jesus estava falando, resistiam a Jesus o tempo todo dizendo que o mestre tinha demônios e era samaritano.

Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira. João 8:44

Se não rompe as tradições não testemunha o sobrenatural

Haviam centenas de tradições, fortalezas mentais, e vimos que foram implantadas pelo diabo para tornar nula a Palavra de Deus, que controlavam e limitavam a adoração, o louvor, a comunhão com Deus e continham qualquer avanço econômico dos israelitas.  No sábado por exemplo não podia-se fazer nada, se Jesus não quebra esta tradição, um homem não viveria uma experiência  sobrenatural de cura. Eu não sei o que há, mas por você ainda não ter vindo ao altar comprometer-se em fé com o Senhor para sacrificar uma oferta de rompimento na próxima ceia, é porque alguns pensamentos, que parecem ser verdadeiros, estão comando sua atitude, roubando sua paternidade, como os fariseus, que se diziam filhos de Abraão, mas não nadavam como ele andou.

Naquele dia de sábado, aquele homem com o braço mirrado, seco, recebeu um milagre criativo, mas para que isto acontecesse e tornasse testemunho, ele antes de sair de seu lugar, prendeu seus pensamentos aos de Cristo e não aos que por anos controlavam sua vida por influência de seus mestres religiosos.  Eu acredito que ele, como os demais, não podiam imaginar que sairiam daquela sinagoga com um testemunho sobrenatural.

Nunca ficamos sem resposta

Não há oração sem resposta, não há jejum sem resposta e não há sacrifício sem resposta. Um rompimento financeiro exige um sacrifício, Deus da uma autorização para você andar como andou. Abraão era dizimista e fazia suas ofertas, porém certo dia Deus pediu-lhe algo que estava acima da realidade que qualquer um, seu único filho. Após a experiência do sacrifício, Deus desatou sobre ele a seguinte benção: 

Então, do céu bradou pela segunda vez o Anjo do SENHOR a Abraão e disse: Jurei, por mim mesmo, diz o SENHOR, porquanto fizeste isso e não me negaste o teu único filho, que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e como a areia na praia do mar; a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos, nela serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedeceste à minha voz. Então, voltou Abraão aos seus servos, e, juntos, foram para Berseba, onde fixou residência.  Gênesis 22:15-19

Ter a benção de Abraão é andar como ele andou, rompa agora com estes argumentos que contendo você para não viver uma experiência  financeira sobrenatural, e leve sus pensamentos cativos à obediência de Jesus. Foi o que Abraão fez, vem para o altar agora.

2018-11-20T16:59:06+00:00

Sobre o Autor:

Aprendiz e seguidor de Cristo, teologia, marketing, administração, já estudei agora estudo direito. Sou marido, pai, filho, me adotaram como avô e pastor. O que mais amo na minha vida é falar da graça e do amor de Cristo. Dizer a todos que só Cristo nos dá a vida eterna.