7 Domingos no Monte com Jesus Parte 7

Baixe essa lição aqui

 

Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. Mt 5:10

 

 Algo que ninguém esperava

Chegamos à oitava bem aventurança no sermão do monte com Jesus, e ela um tanto interessante, acredito que ninguém esperava por essa, porque neste momento o ensino que Jesus vinha trazendo aos discípulos, distancia -se da idéia de uma colheita lógica de nossas semeaduras, como vinha mostrando nas outras sete, o Senhor diz que por causa da justiça sofreríamos perseguições. Ai, ai, ai! As coisas mudam aqui! Se estivéssemos lá, como nos comportaríamos?

 

A colheita da justiça

Está revelação de Jesus pode nos incomodar bastante, porque trazemos em nossa mente o conceito de que quem faz as coisas certas não merece castigo. Este pensamento predomina na mente de todos aqueles que tem estabelecido em sua vida um padrão de justiça, de fazer o que é certo. Porém, o que vemos e experimentamos no dia a dia é quase sempre o oposto, tem sido assim desde o pecado do homem no Eden, as pessoas que fazem o que é correto acabam pagando um alto preço pela sua integridade. infelizmente há muitos que já abandonaram a prática da justiça, após fazerem uma avaliação das colheitas que obtiveram concluíram que não vale a pena.

 

Jesus está pedindo a seus discípulos a fazerem algo que não vale apenas? É isso? Não, Jesus está dizendo aos seus discípulos, que quem pertence ao reino de Deus será hostilizado, inevitavelmente perseguido e rejeitado por manifestar aos homens naturais e carnais as normas do Seu reino, mas seria abençoado por essa conduta escassa no meio de qualquer seguimento da sociedade daquele tempo, e todas as épocas futuras.

 

Quem pode ser justo?

Na verdade nenhum de nós somos ou podemos nos tornar justos, nossa justiça está baseada no padrão de justiça divina. Na bem aventurança Jesus não está dizendo que os justos serão perseguidos, mas quem prática a justiça. Quem são estás pessoas? Sao aqueles que tomaram o padrão da justiça do reino de Deus, e são como devem ser, falam o que devem falar e não se omitem e dá a cada um o que lhe é devido, mesmo sabendo que seus posicionamentos diante daqueles que estabeleceram a injustiça como padrão aceitável de vida, lhes proporcionarão alguns males por não suportarem o que é justo.

 

O homem e a mulher de Deus que praticam a justiça, são como devem ser, vivem numa condição aceitável por Deus, aprovados por Ele. É esse comportamento que nos faz Cristo nos abençoar, note que os que são bem aventurados, abençoados, o são por causa da justiça.

 

Qualquer homem ou mulher salvo deve praticar a justiça, e como qualquer um que viveu a plenitude do reino de Deus foi perseguido, nós também podemos esperar que algo parecido aconteça conosco.

 

Quem nos persegue? Gá 4:29

Como, porém, outrora, o que nascera segundo a carne perseguia ao que nasceu segundo o Espírito, assim também agora.

 

Somos perseguidos por todas as pessoas cujo coração está envolvido pela corrupção da carne, do pecado, que seu padrão de conduta moral e espiritual não suporto a justiça de Deus. Diariamente estamos no meio de pessoas imorais no trabalho, na escola e em nossa casa quando a família não foi salva ainda, qual é a repercussão entre eles de nossa conduta? Se passamos desapercebidos, nossa fé ao tem sido perseguida, é porque estas pessoas não encontraram nada em nós para dizer que somos salvos, filhos de Deus, crente ou qualquer outro nome comeu queiram nos identificar.

 

Por favor, preste atenção ronque vou te dizer: viver para Jesus é viver em oposição a Satanás em seu mundo e sistema. A justiça nos tira de seus sistema e nos coloca em rota de colisão com ele, e o mundo reagira contra nós da mesma maneira como reagiu contra Jesus, os apóstolos e a igreja primitiva.

 

Todos os salvos são bem aventurados? 2Ti 3:12

Ora, todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos.

 

Obviamente que não, nem todos os salvos são bem aventurados. Por que? Por causa da maneira como decidiram viver em Cristo. Esta é a principal razão por que falta coisas de Deus em sua vida. A perseguição, de acordo com o Apóstolo Paulo, é uma das evidencias mais claras e seguras de que tenho a salvação. Se nunca experimentamos buling, rejeição ou criticas por causa de nossa vida com Jesus, temos motivos para fazermos uma auto avaliação para examinar a autenticidade de nossa fez. Isto é muito serio, porque se estamos sendo complacentes com o mundo, podemos ter certeza de que estamos aborrecendo a Jesus, Tiago 4:4 diz: Infiéis, não compreendeis que a amizade do mundo é inimiga de Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus. Isto deveria preocupar a todos nós, porque quando não Samos descriminados e perseguidos de alguma maneira pelos diversos seguimentos dos mundo, estamos passando uma mensagem de que concordamos com o mundo em lugar de confrontá-lo.

 

Uma advertência a nós – Lc 6:26

Ai de vós, quando todos vos louvarem! Porque assim procederam seus pais com os falsos profetas.

 

Jesus escolheu um povo para ser verdadeiro, viver uma fé salvadora verdadeira sem nenhuma conexão com os valores e sistemas do mundo. Os que buscam a verdade estão à procura de você, os que buscam a justiça esperavam achar alguém que a pratique, não uma pessoa que seja popular, que lhes agrade, que não interfere em seu estado de de vida. Entenda, Jesus foi preferido por muita gente, mas também foi perseguido por aqueles com quem ele foi firme com sua sua justiça. Os salvos verdadeiros não escondem a vida de justiça que vivem, esteja é s sua maior e mais poderosa mensagem de que há um Deus sobrenatural, que muda o coração malvado de quem dele se aproxima.

 

Com que benção os perseguidos são abençoados? Mt 10:28-30

Então, Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós tudo deixamos e te seguimos. Tornou Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos por amor de mim e por amor do evangelho, que não receba, já no presente, o cêntuplo de casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições; e, no mundo por vir, a vida eterna.

 

A benção com a qual os perseguidos são abençoados, é que possuem prioridades no reino dos céus, o reino é deles. O reino se divide em dois tempos, presente e futuro, terreno e eterno. Cem vezes mais nesta vida, terreno, e com perseguições; e a vida eterna.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2018-10-11T11:59:12+00:00

Sobre o Autor:

Aprendiz e seguidor de Cristo, teologia, marketing, administração, já estudei agora estudo direito. Sou marido, pai, filho, me adotaram como avô e pastor. O que mais amo na minha vida é falar da graça e do amor de Cristo. Dizer a todos que só Cristo nos dá a vida eterna.