7 Domingos no monte com Jesus – Parte 2

  • 7 domingos no monte - parte 5

Baixe essa lição aqui.

Sermão – Pt 2 – Bem aventuranças

 

 Breve Introdução – Jo 14:15

 Se me amais, guardareis os meus mandamentos.

 O sermão da montanha é a lei de Cristo entregue a todos aqueles que entregaram seus corações a ele, e a pratica de cada um desses princípios não está baseada em ameaça, mas no amor que o salvo tem por Jesus.  A grande prova do nosso amor pot Jesus é que podemos escolher o caminho que nos agrada, porém ficamos com o que ele disse, contrariamos nossa natureza, desconsideramos amizades e colocamos pessoas queridas em segundo lugar, isto é guardar os Seus mandamentos.

O amor que tenho por Jesus muda meu comportamento, transforma minha vida e me torna abençoado em situações que são negativas para qualquer um que não prática o que ele ensinou. Há irmãos que oram muito, outros jejuam bastantes, ainda há aqueles que dizimo e ofertam acima da média, porém suas vidas não saem do fundo do poço. Por que? Porque ainda não pararam no monte para ouvirem Jesus, andam baseados em sua justiça própria, vivem de suas próprias leis e se acham injustiçados por serem filhos de Deus e não beneficiarem. Dessa paternidade.

 

A bem aventuranças – Nove bênçãos incomum para sua vida

 

É importante entender essa primeira parte do sermão da montanha, as bem aventuradas, elas tratam de três coisas significativas para nossa vida. Elas são compostos de três elementos: uma declaração de bênção(bem aventurado), uma condição de vida(ex. pobre de espirito, tipo de pessoa) e a razão pela qual o receptor deve ser considerado abençoado(o que recebera do reino).

 

1 – Bem aventurado os pobres de Espirito – Mt 5:3

 

Jesus é bem claro quando aponta a que tipo de pobreza agrada a Deus, não é a pobreza econômica, senão seria uma tremenda incoerência da Bíblia falar de dizemos e ofertas e ao mesmo tempo exaltar a pobreza. Isto é muito importante; quando Jesus voltou do jejum e foi até à sinagoga ele leu o texto de Isaias que diz antes de curar doentes, libertar os oprimidos por exemplo ou qualquer outro milagre sobrenatural, ele diz que foi ungido para dar boas noticias aos pobres. Bem aventurados é o pobre de espirito. Por que? Porque ele nunca se joga suficiente, todas as coisas que existem em sua vida foi porque teve acesso ao reino de Deus por custas de sua humildade.

 

2 – Bem aventurado os que choram, porque serão consolados – Mt 5:4

 

Jesus faz mais uma declaração de vida abençoada por aqueles que choram, haverá consolo para eles. Em que momento você deu por conta que suas lagrimas, seus caro sua angustia podem fazer você feliz, abençoado? As pessoas que choram são tidas por fracas e medrosas, porém são as que alcançam os favores mais inesperados no reino de Deus. Por que choramos?

 

  • Choramos porque sofremos – A muitas pessoas que não encontram consolo em seu sofrimento porque nestas horas difíceis tornam-se mais egoístas, querendo resolver tudo sozinhas e sem ajuda de ninguém. Desde quando nascemos até nossas morte choramos pelas mesmas coisas. Algumas dessas pessoas jamais podem ser consoladas, porque se fecham e tronam-se brutas em seus relacionamentos. Nenhum de nós pode resolver o nosso problema de sofrimento, vamos ficar sem resposta, por que? Porque o caminho que nos leva ao consolo está com outras pessoas ou Deus. Quando vemos alguém sofrendo nos aproximamos dela, as vezes nos faltam palavras, mas temos um abraço e um sorriso.

 

  • Choramos porque nossa fé é atacada – A verdade é que seguimos em paz com nossa fé, poucas vezes somos atacados com verdadeiras ameaças e perseguições como aquelas que aparecem na Bíblia. Porém, à medida que vamos aumentando nosso nível de paixão e entrega de nossa vida a Jesus, experimentamos um pouco dessa pressão vinda de nossa família, de nossos amigos e dos patrões, algumas dessas pessoas queridas chegam até nos abandonar, e isso dói, faz chorar. Todo crente verdadeiro já experimentou isso que estou dizendo aqui. Lidamos com aqueles que dizem que Deus não existe e com aqueles que dizem quando estamos cercados por problemas; onde esta o seu Deus? Suas lagrimas revelam o grande amor que você tem por Jesus, o Senhor garantiu em João 16:20 que Ele traria abundante alegria pra você.

 

  • Choramos porque pecamos – As pessoas religiosas quando transgridem a palavra do Senhor, choram por causa do senso de juízo de condenação que abate sobre elas, os que amam a Jesus choram porque ofenderam sua santidade, e não as percas que provavelmente terão. Davi chorou muito pelo assassinato de Urías, Pedro chorou amargamente depois de negar que conhecia Jesus, estas lagrimas são entendidas, é um pedido insistente por perdão.

 

– Por que sou abençoado quando choro? Porque o coro chama a atenção de alguém para o meu lado – 2 Cor 1:3-4

 

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai de misericórdias e Deus de toda consolação! É ele que nos conforta em toda a nossa tribulação, para podermos consolar os que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus.

 

3 – Bem aventurado os mansos, porque herdarão a terra – Mt 5:5

 

Este é um outro comportamento, que de acordo com Jesus, qualquer um que nasceu de novo pode praticá-lo, não é uma virtude que nascemos com ela, mas uma atitude que nos distingue dos demais humanos presos à sua velha natureza, que esta pronta a reagir com violência todas as vezes que sentir-se diminuída, prejudicada e ameaçada. Na avaliação do mundo natural e dos irmãos carnais, a mansidão é uma atitude de gente fraca e perdedora. Bem diferente do que Jesus ensinou.

 

Diz das pessoas que aceitam Jesus, que elas converteram-se a ele. O que isso significa? Significa que que nosso comportamento se assemelhara ao dele, seremos mansos. Jesus enfrentou situações capazes de encherem seus coração de ódio e violência, mas preferiu fugir das polemicas e não contendeu com ninguém. Os manos confiam no Senhor que sempre lhes fazem justiça.

 

Em Samaria, por exemplo, negaram a Jesus pernoitar na cidade, eles e os judios estavam separados por discordarias religiosas, humilharam Jesus, logo alguns discípulos expressaram desejo onde vingança, queriam pedir fogo do céu e consumir com os sabatinos, o que Jesus não permitiu.

 

A mansidão que Jesus exigiu dos discípulos no sermão do monte, ele tinha autoridade de quem pois em prática ao extremo o que ensinou lhes. A mansidão fazia parte do comportamento de Jesus, a violência não, vamos ver neste texto de Mateus 5:38-39 e 43-44 como ele deixou essa questão de ser abençoado quando manso.

 

Ouvistes que foi dito: Olho por olho, dente por dente. Eu, porém, vos digo: não resistais ao perverso; mas, a qualquer que te ferir na face direita, volta-lhe também a outra; … Ouvistes que foi dito: Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo. Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem;

 

Os mansos rompem com o espirito carnal e diabólica o do ódio e da violência, ser manso é não responder à violência, o mal com mal, ódio com ódio, mas com amor, oração e benção. Só assim nossa vida se assemelha à de Jesus e herdamos o que muitos tentam pela violência e não conseguem nesta terra.

 

O Senhor abençoará os mansos de coração em sua terra, não contenda, não reaja com ódio e violência a nenhuma humilhação que ti fizerem passar.

2018-06-25T17:47:55+00:00

Sobre o Autor:

Aprendiz e seguidor de Cristo, teologia, marketing, administração, já estudei agora estudo direito. Sou marido, pai, filho, me adotaram como avô e pastor. O que mais amo na minha vida é falar da graça e do amor de Cristo. Dizer a todos que só Cristo nos dá a vida eterna.